DESCOMPLICA-UNINA-Interpretacao-de-texto-e-intertextualidade

“DESCOMPLICA, UNINA!”: Interpretação de texto e intertextualidade.

Nesse texto do “Descomplica, Unina!”, você vai ver como é feita uma interpretação de texto e como aparece a intertextualidade. Para isso, utilizaremos a música “Girl from Rio”, última música lançada pela cantora Anitta. 

Nessa publicação, te convido a deixar a sua opinião sobre a cantora de lado e focar apenas nos textos verbal e não verbal. Por meio deste exemplo, você vai compreender que podemos fazer interpretação em diversos textos. Vai ver também um pouco sobre intertextualidade, fortemente marcada, nessa canção, e um dos recursos, muito utilizado também em outros textos, mídias… 

Vamos lá?! 

Recentemente, a cantora Anitta lançou mais um trabalho que casou polêmica. A música “Girl from Rio” foi lançada dia 29 de abril de 2021 e tem dado o que falar. Deixemos de lado as concepções sobre a cantora para, a partir de agora, interpretarmos a música, certo?! 

Para começar, é bom você se lembrar dos conceitos de interpretação de texto e de intertextualidade:

Interpretação de texto: significa entender o significado por além de uma palavra, de uma frase, de um texto, de um discurso. Interpretar significa “desvendar um mistério”, desvendar a mensagem que se deseja transmitir.

Intertextualidade: é um recurso linguístico que faz diálogo entre dois ou mais textos, é a composição de um texto usando outro como base.

Quer assistir ao clipe antes de iniciar a leitura da análise da letra da música e do clipe? Clique aqui!

Intertextualidade

Primeiramente, vamos focar na intertextualidade. Nesse sentido, é importante salientar que a sonoridade da música “Girl From Rio” é o primeiro traço de intertextualidade. Quem escuta o ritmo da Bossa Nova se remete a uma música já conhecida, não só por nós brasileiros, mas por grande parte do mundo: “Garota de Ipanema”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Assim, quem a escuta, possivelmente faz referência ao Brasil e principalmente à cidade do Rio de Janeiro. 

Outro traço da intertextualidade também é percebido no título da canção: “Girl from Rio” (“Garota do Rio”) / “Girl from Ipanema” (Garota de Ipanema). Nesse aspecto, é possível inferir a intencionalidade de desconstrução da identidade da garota originária do Rio de Janeiro, idealizada na música Garota de Ipanema, para aquela não apenas do bairro da zona sul carioca, com uma população majoritariamente de classe média, mas abrangendo as mulheres de diferentes camadas e belezas que compõem a identidade carioca.  

Além disso, a linguagem utilizada na música de Anitta também apresenta características de intertextualidade que trazem a intencionalidade de desmistificação do perfil da mulher carioca conhecida no exterior. A principal característica é o idioma. A música da funkeira é escrita em inglês, justamente para chegar ao interlocutor estrangeiro, uma vez que o brasileiro é ciente das múltlipas identidades das mulheres do Rio de Janeiro. Nesse sentido, infere-se, também, que a desconstrução dessa identidade formada é direcionada ao interlocutor fora do Brasil, por isso a escolha de uma música brasileira popularmente conhecida em outros países. 

Interpretação

Apresentadas essas características de intertextualidade, vamos focar a partir de agora  na interpretação do clipe. Inicialmente, ele inicia com a sonoridade da música “Garota de Ipanema”, rítimo da Bossa Nova que pertence a burguesia carioca. No segundo plano da imagem, temos um cartão postal da década de 60 e, no plano da frente, temos os bailarinos e a Anitta vestidos com roupas e usando os penteados do mesmo período. Essa época ficou conhecida como “Anos Dourados”, pois o Brasil vivia a euforia de um crescimento econômico gerado após a Segunda Guerra Mundial, e a música e a cultura não poderiam ficar para trás. 

A Bossa Nova tinha intenção, então, de conquistar o mercado internacional, e “Garota de Ipanema” conseguiu internacionalizar a música brasileira, sendo consagrada internacionalmente em 1962.  

Isso explica a intenção de se fazer a intertextualidade com a música “Girl from Rio”, pois esse Rio de Janeiro romantizado, elitista, que apresentou ao mundo a beleza exuberante da mulher carioca de exportação, muito marcante naquele período, é descontruído na música de Anitta. 

A descontrução começa quando o cartão postal se abre e mostra esse outro Rio de Janeiro e seus cidadãos, pertencentes a outras camadas sociais, que o Estado e a bruguesia tentavam “esconder” para os “gringos não verem”. 

Como exemplo desse “outro Rio de Janeiro”, o clipe mostra o “Piscinão de Ramos”, local onde o povo carioca que vive nas favelas costuma frequentar, se sente à vontade para curtir um dia de praia, com seus corpos ditos por aí como “imperfeitos”, com seus hábitos que não podem faltar, como: chegar de ônibus, fazer churrasquinho de gato, tomar uma cervejinha, dourar os pelos do corpo com a mistura de água oxigenada e amônia, usar fita isolante para fazer marquinha no corpo…                 

A letra da música retrata também outras realidades: irmãos que são filhos de diferentes pais, adolecescentes que se tornam pais cedo, algo muito comum nessa camada social. Na letra, Anitta  também faz questão de dizer que faz parte desse grupo social, que é dali que ela surgiu e que ama esse Rio de Janeiro. Dá para arriscar dizer que Anitta deixa um recado para o público internacional, pois um trecho da letra diz: “Você vai se apaixonar pela garota do Rio”, e essa garota é representada por ela. É como se ela dissesse: “Vocês vão se apaixonar por mim”. 

Portanto, há uma intencionalidade da cantora de apresentar a verdadeira mulher carioca, bastante diferente daquela idealizada na música-base, Garota de Ipanema, e tão conhecida pelos “gringos”. 

Gostou? Ficou com dúvidas? Quer sugerir outros temas? Entre em contato com o setor do PROLAC, o Programa de Letramento Acadêmico da Faculdade Unina: carla.sanches@unina.edu.br . 

Texto escrito pela professora Carla Emanuelle Sanches. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Mais
Publicações

Sua opinião é muito importante

Gostaríamos de saber como foi sua experiência em nosso site, desse modo podemos estar sempre em constante melhoria.