Menu

Faça um planejamento financeiro para voltar a estudar.

Por:

 

Não existe idade para os sonhos. Essa é uma frase comum e extremamente verdadeira. Por isso, a qualquer momento, é hora de buscar objetivos que pareçam distantes. Por exemplo, voltar a estudar, mesmo alguns anos após deixar a escola. Sendo assim, é fundamental que, além de manter a vontade, um planejamento racional seja feito. 

Aqui, vamos falar sobre a busca de um sonho específico: voltar a estudar, cursando uma licenciatura. Ou seja, mudar de vida e se preparar para dar aulas, espalhando conhecimento por meio de uma das funções mais nobres que existe: ser professor. 

Mas como se organizar financeiramente para embarcar nos novos estudos, na luta por uma mudança de vida? É isso que tentaremos elucidar nas linhas a seguir. 

 

Monte um orçamento realista 

O primeiro passo é conseguir entender exatamente de onde sairá o dinheiro necessário, quais os gastos inevitáveis, o que pode ser cortado, etc. Dessa forma, fica mais fácil conciliar as atividades, sem cortar demais – o que poderia acarretar dificuldades -, mas também não relaxar muito e acabar tendo problemas. Colocar tudo na ponta do lápis é uma ótima opção. 

E é fundamental que o orçamento seja realista. Não coloque cortes muito profundos nos gastos, para não criar um padrão impossível de ser acompanhado, porém também não seja muito brando. Se necessário, busque ajuda de outras pessoas na formulação de uma tabela financeira realista e aceitável. 

 

Mantenha uma poupança e tente alimentá-la com frequência 

Outro fator fundamental: inclua no planejamento a ideia de guardar um valor pré-estabelecido. Se possível, todo mês reserve uma quantia, que não precisa ser exagerada. Poupando um pouco, mas com frequência, em algum tempo, já haverá uma gordura bastante satisfatória. 

Isso será importante para que possam ser feitos investimentos nos materiais de estudo, como cadernos, livros etc. Além disso, é possível ficar mais protegido em caso de gastos inesperados, mas necessários, como a quebra de algum objeto da casa, o aumento nos valores de comidas, entre outros gastos inevitáveis. 

Se não houver esse valor extra e esses custos surgirem, muitas vezes a volta aos estudos precisará esperar, já que o dinheiro todo irá para cobrir situações emergenciais. Por isso, pense sempre em deixar no orçamento uma sobra ao fim do mês. 

 

Busque fontes extras de receita 

Em busca de um sonho, sempre vale um esforço a mais. Para viabilizar financeiramente uma volta aos estudos, muitas vezes será necessário arranjar uma fonte extra de receita, para ajudar a complementar o orçamento e garantir a oportunidade. 

Nesse sentido, é válido tentar conseguir um emprego extra, mesmo que seja em tempo parcial, feito de casa, mas que gere um valor mensal. Seja criativo, busque alguma vaga ou crie produtos próprios, entre várias opções. Mesmo que seja só por alguns meses, isso pode ser muito importante para que o planejamento seja cumprido e a volta à escola viabilizada. 

Essas são algumas possibilidades de ação para que o sonho de voltar a estudar seja alcançado. Quer saber mais sobre o mundo da escola e obter dicas sobre o assunto? Confira outros textos de nosso blog. Certamente, temos conteúdos que interessam a você, que almeja um lugar nesta área para passar de aluno (a) a professor (a), espalhando conhecimento e formando novas gerações. 

 

 

Tópicos

Skip to content